Páginas

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Espera - aeroporto

Na sexta feira foi dia de mais uma espera no aeroporto Sá Carneiro. O marido lá foi 15 dias e findo esse período, lá tinha a esposa à espera!

Geralmente chego ao aeroporto quando ele já saiu e está cá fora à minha espera, ou quando estou a chegar à zona de espera ele já está no mesmo lugar à minha procura, mas desta vez esperei cerca de 15/20 minutos e por isso tive oportunidade de "apreciar"...

Impressionante o contraste entre o que se passa no primeiro e segundo andares daquele aeroporto! Se há coisa que me aperta o coração é ver o sofrimento de algumas pessoas quando estão a despedir-se de alguém, que não se sabe bem para onde e quanto tempo irão, mas certamente irão fazer muita falta. Até ao dia de hoje a cena que mais me chocou foi presenciada no aeroporto de Barcelona, quando vi o que me pareciam ser pais de cerca de 65-70 anos a despediram-se do filho e possivelmente a namorada/esposa. As lágrimas e o sofrimento naqueles rostos... as lágrimas que simplesmente não conseguiam conter apertava o coração de qualquer um.

Mas na sexta feira foi dia de ver pessoas em pulgas, com os braços no ar, lágrimas de alegria e rostos de felicidade em crianças que só queriam atravessar tudo para chegar perto daquela pessoa que pareciam esperar há demasiado tempo... quando me lembro ainda tenho um daqueles sorrisos involuntários! 
Se trabalhasse no aeroporto gostaria com toda a certeza de estar no primeiro andar...

E claro também tive direito ao meu sorriso espontâneo e de encher o coração quando cruzei o olhar com a pessoa que esperava... :)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Agora assustei-me

Li em qualquer lado que faltam 60 dias para o Natal! Aaaaaaahhhhhhhh!?!?!?!?!?!? Não pode ser, está enganado/a...
Mas não está... falta mesmo... OMG!!!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

3096 dias



Sinopse


"«Sê mais forte. Não desistas. Nunca, nunca desistas.»

Estas são palavras que Natascha escreveu, sozinha na cave em que esteve aprisionada durante mais de oito anos. São a prova do seu espírito inquebrável, da coragem que a manteve viva mesmo quando o seu corpo ameaçava sucumbir.

No dia 2 de Março de 1998, Natascha Kampusch, de dez anos, tinha alcançado uma grande vitória: convencera finalmente a mãe a deixá-la ir sozinha para a escola. Queria ser mais independente, conquistar a liberdade possível a uma criança. Aguardava-a a mais sinistra das ironias... Ao volante de uma carrinha branca, Wolfgang Priklopil escolheu-a como vítima. Algumas horas e quilómetros depois, estava deitada no chão frio de uma cave, enrolada num cobertor. Quando emergiu do cativeiro em 2006, tendo sofrido um dos mais longos raptos da história recente, a sua infância tinha terminado há muito."
   
Foi sem dúvida um dos livros mais difíceis que ler até hoje. Aliás, se não foi o único, foi dos poucos livros que não li do início ao fim sem parar para ler algo mais "leve".
Ler o testemunho de quem passou por uma experiência de cativeiro, agressão física e emocional constante e sobreviveu... é de facto forte em emoções e confuso em compreensão.
Sem dúvida incomoda, mas a verdade é que acabou em bem, o que nos dá uma certa esperança de que as coisas não estão totalmente perdidas. Natascha teve de crescer depressa demais e é de facto uma mulher de armas, apesar de menina!

"Um dos raptos mais longos da história. Um relato arrepiante e corajoso. Uma história de triunfo do espírito humano."


Subsídio para pneus!

Depois de um dia com o sol a brilhar e uma temperatura bem agradável, voltamos à chuva! E a quantidade de pneus que ouvi chiar no percurso de casa ao trabalho (cerca de 5Km) foi preocupante.
Nenhuns deles foram os meus, mas apesar disso não deixou de me fazer pensar no assunto... numa altura em que muitas pessoas contam os tostões para comer, de certeza que a substituição de pneus está bem lá em baixo na lista de prioridades.
Subsídio para pneus! Fica a ideia...
Acho que o reverso da medalha desta situação vai ser um aumento acentuado da sinistralidade nas nossas estradas. E vão começar a seguradoras a guinchar!

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Balanço - Fim-de-semana

Uma noite - discussão dos vizinhos de cima, seguida de choro prolongado por filho dos vizinhos dois andares acima do meu;

Outra noite - vaca a mugir toda a noite... marido sugeriu possibilidade da vaca estar a parir;

Mais uma noite - festa da grande em casa dos vizinhos de cima que durou até às tantas.

Balanço: Segunda-feira com uma dor de cabeça do caneco!

Um Sonho de Amor

Numa fase em que ler é o meu grande vício aqui fica uma das leituras da semana passada:



Esta a história de uma de três irmãs. Apesar de não o serem de sangue, são sem dúvida de coração e é bonito de se ler a amizade, cumplicidade e espírito de sacrifício entre as três.

Trata-se de uma triologia e cada um dos volumes incide sobre a vida de cada uma delas. Este primeiro conta a história de Margo, as opções que tomou e a forma como deu a volta às dificuldades que a vida lhe colocou. Claro que um livro da Nora Roberts também inclui uma história de amor entre Margo e o irmão de Laura, que sempre esteve lá e ela demorou a reparar... Vale a pena!

Já tenho o segundo (Um Sonho de Esperança) à espera do ataque que não irá demorar!

Não lia um livro desta escritora há algum tempo e já tinha saudades...

Sinopse


"Margo, Laura e Kate cresceram juntas no luxuoso ambiente da Casa Templeton, ouvindo a trágica história de Seraphina e do seu misterioso dote. Chega a altura de cada uma seguir o seu rumo e concretizar os seus sonhos, mas, apesar da distância, a Casa Templeton é sempre o seu porto de abrigo e os laços que as unem são inquebráveis.

Margo é uma mulher deslumbrante, carismática e bem-sucedida. Contudo, nada do que alcança na sua carreira internacional de modelo consegue fazê-la esquecer o seu maior sonho: conquistar o amor e a aceitação da mãe. Talvez devesse ser mais doce como Laura ou mais racional como Kate... mas ela é imprevisível, espontânea e impulsiva. Quando se vê confrontada com um revés profissional e é obrigada a procurar refúgio no seio da família Templeton, Margo toma consciência do que é realmente importante na sua vida, e Laura e Kate, as suas irmãs do coração, tudo farão para a ajudar.

Um Sonho de Amor é o primeiro romance da envolvente Trilogia dos Sonhos, que promete conquistar as leitoras!"

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Com este tempo

o que ia mesmo bem era estar no sofá com uma mantinha fofa, um bom livro numa mão e uma canequinha de cházinho quente (podia ser de maçã e canela) na outra! Hummmmm...

O Céu Exsite Mesmo

Foram várias as vezes que me deparei com este livro em estantes de livrarias, mas só recentemente decidi que faria parte da minha biblioteca. Não me dizia grnade coisa, mas por outro lado não quis perder um dos livros com maior sucesso em todo o mundo. E lá me dediquei...


Um livro de leitura rápida e acessível no que respeita à linguagem utilizada. Quanto às ideias, princípios e conclusões que o livro cria já não pode ser adjetivada de fácil...
Um história publicada como sendo real, se fosse totalmente fictícia não me surpreenderia minimamente. Por muita vontade que tenha de acreditar em coisas que li... não fez aquele clique!
Concordo com algumas coisas descritas no livro, acredito de facto que quando morremos o nosso espírito, alma ou o que quer que lhe chamem continua de alguma forma presente, mas não sei, acho que não faz sentido falar das coisas desta forma!
Não adorei o livro, mas não me arrependo de o ter lido, apesar de por vezes me parecer a história da carochinha! É a minha opinião...

Sinopse


"Colton Burpo tinha quatro anos quando foi operado de urgência. Meses mais tarde, começou a falar daquelas breves horas em que esteve entre a vida e a morte, e da sua extraordinária visita ao céu. O seu relato só agora foi revelado pelos pais. E tornou-se num fenómeno editorial sem precedentes.

Foi em 2003 que o pequeno Colton, sentado na sua cadeirinha no banco de trás do carro, começou a falar sobre os anjos que o tinham visitado durante a operação à apendicite aguda... O pai, sacerdote, nem queria acreditar. Estacionou, respirou fundo, e fez algumas perguntas ao filho. E o miúdo respondeu, sem dar muita importância ao assunto. Falou do que viu, dos seus encontros com Deus e com Jesus, das visões que teve durante a cirurgia, da mãe e do pai a rezarem enquanto ele era operado. Foi apenas o início. Colton tinha de facto visitado o céu, e trazia consigo uma importante mensagem para partilhar."

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

As cinquenta sombras mais negras

Depois de ler o primeiro livro desta saga (As cinquenta sombras de Grey) há dois comportamentos possíveis:
- não vale mesmo nada o livro, nunca mais leio o que quer que seja desta escritora;
- tenho mesmo de saber o que vai acontecer a seguir, bom ou mau, tenho mesmo de saber!

Como já deve ter dado para perceber, optei pela segunda possibilidade e no dia após terminar de ler o primeiro lá fui num instantinho comprar o segundo para matar esta curiosidade!



Tal como já seria de esperar, a escrita não é das melhores, nem pouco ou mais ou menos, mas mesmo assim é uma leitura viciante, que não dá para parar de ler... Consegue roubar um sorriso fugaz entre um e outro capítulo e da minha parte acabei por sucumbir a esta história de amor, torcendo para que tudo acabasse em bem.

Pessoalmente gostei e aquilo que alterava era a quantidade de vezes que a Anastacia fica corada (pelo que li na net são cerca de 160 vezes!), alguns diálogos por vezes demasiado repetitivos de eu não vou embora, tu é que te vais fartar de mim, eu não sou nada, tu é que me vais deixar, não tu é que vais... E também as descrições das experiências sexuais são demasiado repetitivas... here they go again! e mais um arrepio e dedo aqui e ali... e pronto!

Tal como o primeiro é preciso saber filtrar, mas gostei!
E fico ansiosamente à espera do terceiro e último volume desta saga...

Sinopse

"Perseguida pelos negros segredos que atormentam Christian Grey, Anastasia Steele separa-se dele, e começa uma carreira numa prestigiada editora de Seattle.



Mas por mais que tente, Anastasia não o consegue esquecer - ele continua a dominar-lhe todos os pensamentos. E quando Christian lhe propõe reatarem a relação com um novo e diferente acordo, ela não consegue resistir. Aos poucos, uma a uma, começam a revelar-se as Cinquenta Sombras que torturam o seu autoritário e dominador amante.



Enquanto Grey se debate com os seus demónios, e revela a Anastasia um lado inesperadamente romântico, ela vê-se obrigada a tomar a mais importante decisão da sua vida.



Uma escolha que só ela pode fazer…"

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

30

O dia dos 30 lá chegou... aquilo que me enche o coração de alegria é apenas ouvir uma ou outra música que adoro, uma e outra mensagem (ou telefonema) de pessoas que têm um lugar especial no meu coração, algumas gargalhadas que o marido me consegue arrancar e saber que daqui a pouco vou estar com algumas das tais pessoas especiais no meu coração...

Tenho perfeita consciência de que aquilo que se aproxima é tudo menos um tempo de facilidades, mas hoje e agora só quero aproveitar o dia que me resta... e de preferência apanhar uma borracheira!

Calma... estupidez natural... e uns mojitos!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Crise???

Ontem, entre desabafos e confidências, numa fase menos boa, que faz parte da vida de toda a gente, o meu marido diz:
"Oh Fi, as coisas não são assim! A verdade é que estás com uma crise de idade!"

Mulher que é mulher, é sempre complicada.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Mau dia...

Só me apetece estar em casa, reduzida à minha insignificante existência, com o silêncio absoluto (ou possível, para quem mora num primeiro andar), sem pensar em nada...
Deve ser do tempo...

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

As cinquenta sombras de Grey

Num dia em que fui às compras, encontramos a revista Sábado com a seguinte capa:

e na minha habitual vista de olhos aos livros no top, encontrei no primeiro lugar o seguinte livro:

Para além de na capa do livro ter um post it com o seguinte dizer (mais coisa, menos coisa)
5.ª edição - Sim, este é o livro de que toda a gente anda a falar

Pensei, toda a gente anda a falar???? Eu não ando a falar e nunca ouvi falar em tal obra! Ok, lá vou ter de levar o livro para saber o que se passa...
E com aquele sentimento de ignorante paguei e trouxe-o para casa, cedendo a esta brilhante técnica de marketing! Sim, foi uma compra impulsiva, mas numa altura em que só se fala de crise...

Entretanto lá peguei no dito livro e fiquei surpreendida com o que encontrei... descrições de experiências sexuais demasiado pormenorizadas, mas simultaneamente um romance, uma história de amor com que as meninas mais românticas (como eu!) sonham...

O português não é o melhor e a tradução deixa um pouco (ou muito!!!) a desejar, mas para quem vibrou com o Twiligth, vibra com este livro, mas com um pouco de filtro naturalmente!
Basicamente é uma história de amor sem vampiros mas com gostos muito únicos. No final só dá para perguntar... será que amor vence???


Sinopse
"As Cinquenta Sombras de Grey é um romance obsessivo, viciante e que fica na nossa memória para sempre.

Anastasia Steele é uma estudante de literatura jovem e inexperiente. Christian Grey é o temido e carismático presidente de uma poderosa corporação internacional. O destino levará Anastasia a entrevistá-lo. No ambiente sofisticado e luxuoso de um arranha-céus, ela descobre-se estranhamente atraída por aquele homem enigmático, cuja beleza corta a respiração. Voltarão a encontrar-se dias mais tarde, por acaso ou talvez não. O implacável homem de negócios revela-se incapaz de resistir ao discreto charme da estudante. Ele quer desesperadamente possuí-la. Mas apenas se ela aceitar os bizarros termos que ele propõe... Anastasia hesita. Todo aquele poder a assusta - os aviões privados, os carros topo de gama, os guarda-costas... Mas teme ainda mais as peculiares inclinações de Grey, as suas exigências, a obsessão pelo controlo… E uma voracidade sexual que parece não conhecer quaisquer limites. Dividida entre os negros segredos que ele esconde e o seu próprio e irreprimível desejo, Anastasia vacila. Estará pronta para ceder? Para entrar finalmente no Quarto Vermelho da Dor?As Cinquenta Sombras de Grey é o primeiro volume da trilogia de E. L. James que é já o maior fenómeno literário do ano em todos os países onde foi publicado.
As Cinquenta Sombras de Grey de E. L. James


Críticas de imprensa
“De um dia para o outro, As Cinquenta Sombras de Grey tornou-se sensação entre o círculo das mães jovens e atraentes e chegou ao top dos bestsellers do New York Times. Este romance erótico pôs as gravatas cinzentas no primeiro lugar da lista de compras de muitas esposas, na esperança de que os respectivos maridos viessem a imitar a personalidade obsessiva, imperiosa e intimidante de Grey, com muitas a admitirem que o livro lhes despertou um desejo intenso por sexo com os companheiros.”
The Daily Mail

“As Cinquenta Sombras de Grey, romance erótico de uma autora desconhecida, foi descrito como pornografia para mamãs ou como uma espécie de Twilight para adultos e, por todo o lado, tem deixado as mulheres eléctricas, de tal forma que, em três tempos, o fenómeno se espalhou no Facebook, nos ginásios ou nos eventos escolares dos filhos. Os editores referem que o burburinho que acompanha As Cinquenta Sombras de Grey faz lembrar o que se passou com o Código Da Vinci ou com Comer, Orar e Amar. A diferença é que este livro é responsável por uma outra coisa: apresentou às mulheres habituadas a ler ficção comercial e sem novidade um novo estilo de romance erótico, explícito e de uma ardência ofegante. Nos subúrbios de Nova Iorque, Denver e Minneapolis, as mulheres que devoraram a trilogia afirmam sentir os efeitos benéficos em casa. Segundo Lyss Stern, a fundadora do site DivaMoms.com e uma das primeiras fãs da série, o livro está a reavivar a chama de muitos casamentos. ‘Acho que ler o livro nos faz sentir sexy outra vez’.”
The New York Times

“Novos e velhos, médicos e crentes praticantes, homossexuais e heterossexuais – estamos só a falar dos HOMENS que devoraram este oh! tão atrevido As Cinquenta Sombras de Grey, uma trilogia erótica que conquistou milhões de mulheres numa questão de semanas.”
Washington Post"

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Bolinho de pêssego

Para matar as saudades das receitinhas, porque tenho de confessar, as experiências culinárias têm sido praticamente inexistentes...

Bolo de pêssego e amêndoa

Ingredientes:
- 1 lata de pêssego em calda
- 1 iogurte natural
- 5 ovos
- 3 medidas de farinha (a medida é o copo do iogurte)
- 3 medidas de açúcar
- 1 medida de óleo
- 1 colher de chá de fermento
- Amêndoas laminadas (Opcional)

Começar por pré-aquecer o forno nos 180ºC.
Eu usei uma forma de silicone e por isso não precisei de untar e enfarinhar a forma, no caso de utilizar uma forma das outras teria de o fazer.
Escorrer a calda do pêssego e corte as metades de pêssego em fatias.  Espalhar as fatias de pêssego pelo fundo da forma.

Juntar numa taça o iogurte, os ovos, a farinha com o fermento, o açúcar e o óleo. Bater bem até ficar fofinho e homogéneo. 

Deitar a massa na forma, espalhar as amêndoas laminadas por cima da massa e levar ao forno. Caso não tivesse amêndoa, também não faria grande diferença.

Deixar cozer entre os 30 e os 40 minutos, tendo sempre o cuidado de vigiar e testar com o palito.

Depois de cozido, desenformar. No caso de usar as formas de silicone é preciso esperar algum tempo para o bolo arrefecer, pois caso contrário, irá desfazer-se muito.

E aqui ficam as fotos, como não poderia deixar de ser...




segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Bolo com cereja no topo...

Fim das isenções nas scuts e aumento do preço do gasóleo/gasolina!

O bolo já está recheado e coberto!

Será que podem anunciar mais um aumento de um imposto qualquer só para terminar com a cereja no topo?

Acordar

com este sentimento de confiança traída...

Chegar ao escritório e ter de voltar a casa porque me esqueci das chaves... dá para voltar atrás por favor?